Posted on Deixe um comentário

Arte e Software livre (open source)

A arte digital é uma conquista da tecnologia e atualmente dá para ter acesso a imagens que embelezam qualquer ambiente. É possível pegar a santa ceia e deixar com um aspecto moderno, utilizando de recursos tecnológicos.

Um exemplo disso é Marcio Monte, porque cria arte digital e ainda por cima em um sistema open source. Bem como, se trata de ser código aberto e permite que a adaptação se dê para vários fins diferentes, melhorando o resultado final.

O texto tem a proposta de mostrar como a arte digital é realizada e sempre ‘linkando’ com o sistema open source. Em seguida, a tendência é que dê para confirmar o potencial da tecnologia e saiba: não é pequeno.

Arte digital: O que é sistema Open source?

Em primeiro lugar, a arte em Software livre, em suma, é realizada por meio de uma plataforma de código aberto. Conforme citado acima, é possível adaptar para muitos fins e o termo foi criado em OSI (Open Source Initiative).

Vale destacar um fato: não é necessário possuir um custo de licença e por isso que o investimento é baixo. Além disso, ainda possibilita um compartilhamento maior de informações e cada desenvolvedor pode melhorar o software existente.

Embora seja comum ter dúvidas sobre o open source, a realidade é que muitas pessoas defendem esse sistema. Os desenvolvedores e até os defensores desse modelo, em síntese, acredita que é uma alternativa eficiente para o início.

Certamente que não é um movimento anticapitalista e tampouco político, porque o foco é apenas que exista colaboração entre os desenvolvedores. Dessa forma, a arte com open source é criada e desenvolvida com o open source.

Arte em Software livre: Funcionamento

Um dos quadros mais famosos da história, segundo muitos críticos, é a Santa Ceia e foi pintado por Leonardo Da Vinci. Imagine que você deseja muito ter uma réplica na sua casa e isso não é complicado de encontrar, não é mesmo?

Então, agora achar uma arte em Software Digital não é tarefa das mais simples e o resultado oferece um dualismo. Logo, é frequente que lembre o quadro original, por outro lado, traz um resultado tecnológico e moderno.

A princípio, um software open source é de código aberto e permite que o desenvolvedor possa otimizá-lo melhor. Posteriormente, fica mais simples de conseguir um bom resultado e o principal: o preço não fica dos mais elevados.

Arte com open source: Confira alguns resultados

À primeira vista, o pensamento mais comum é desejar um quadro pintado tradicionalmente e não digital, certo? Ao mesmo tempo, será que o sentimento colocado na pintura diminui se for arte com open source?

É muito provável que não e tenho dois exemplos para te mostrar, afinal a ideia é mostrar que existem outras opções. Da mesma maneira, é chegada a hora de ver do que se trata e abaixo confira as duas alternativas:

  • Face– Um belo quadro, refletindo, de uma forma tecnológica, os vários aspectos de um rosto humano.
  • Abraço Divino– A clássica imagem de Jesus de braços abertos e abraçando a humanidade, também é um exemplo desse tipo de arte.

Fica claro que ter uma Impressão Fine Art, em resumo, passa o mesmo sentimento do que a obra. Igualmente, a arte digital é um exemplo disso e por ser em open source, oferece a chance de personalizar o software para ficar cada vez melhor.