Publicado em Deixe um comentário

Artes, ciência e tecnologia: veja como a arte digital inova

arte digital inova

A arte digital inova e utiliza a tecnologia a favor das pessoas, democratizando o acesso as artes, por exemplo. Bem como, a ciência existe justamente para revolucionar as diversas maneiras existentes de exercitar a arte em geral.

Quando Leonardo Da Vinci pintou A Última Ceia, poucas pessoas poderiam imaginar que aquela obra se tornaria um ícone de cultura. Além disso, a obra era tecnológica para a época e utilizou de técnicas desconhecias até então.

A ligação tripla, entre as artes com ciência e tecnologia, possibilita que exista um novo conceito sobre a criação artística. Dessa forma, a arte digital inova e o texto mostrará como é possível aproveitar essa facilidade contemporânea.

Afinal, como a arte digital inova?

arte digital inova

Imagine o quadro “A Noite Estrelada”, de Van Gogh, e pense na inspiração que o autor teve, juntamente com o trabalho de produzir. Foram anos estudando, fazendo desenhos preliminares e até que a obra estivesse totalmente pronta.

Seja sincero: será que existe diferença entre olhar esse quadro no museu e ter uma réplica em casa? Certamente que não e agora pense em uma arte digital, feita em papel de fina arte e agora responda: existe diferença para a original?

A arte digital inova passa diretamente por três pontos que são fundamentais: arte, ciência e tecnologia. Sendo assim, é chegada a hora de obter as informações e confira a seguir como esse processo é realizado:

Arte

A arte é inerente ao ser humano e precisa ser “colocada para fora”, assim também, não existe qualquer limite. Alguém que pinta um quadro a mão, tem o mesmo valor que outra pessoa que usa um software para criar uma imagem.

Entender que a arte digital inova é respeitar aqueles que têm a capacidade de expressar o lado artístico de outra forma. Do mesmo modo, a tendência para os próximos anos é usar a tecnologia em prol das artes em geral.

Ciência

A ciência não está separada da arte, porque a cada criação realizada, um artista pode estar mudando a vida de alguém. Imagine alguém que acabou de sofrer uma paralisia de um lado do corpo e não consegue nem se alimentar sozinho.

Com a terapia ocupacional e artística, em suma, é possível que a pessoa pinte imagens infantis e volte a ter os movimentos. Definitivamente, é a arte auxiliando a ciência, ou seja, ambas não podem mais ser separadas em polos opostos.

Tecnologia: a confirmação que a arte digital inova

arte digital inova

Lembra quando acima foi citado a obra a “A última Ceia” de Leonardo Da Vinci? Então, você encontra muitas réplicas e quase todas guardam semelhanças. No entanto, o artista Márcio Ponte oferece uma reeleitura da seguinte maneira:

  • Em primeiro lugar, a obra foi inspirada nos estudos de Leonardo Da Vinci para “A Última Ceia”;
  • Por outro lado, a obra guarda poucas semelhanças com a original e é em papel Canson Infinity 100% algodão;
  • Em seguida, a construção foi em open source e se trata de um software de código aberto;
  • Por fim, o custo da obra é baixo e traz algo único: o uso da tecnologia.

A arte digital inova e possibilita que exista uma espécie de democratização do acesso as diversas artes. Enfim, o mais importante é procurar usar a tecnologia em prol das pessoas e elevar o capital cultural de cada um.

Publicado em Deixe um comentário

Obra em tela ou arte digital: veja as diferenças

obra em tela ou arte digital

Obra em tela ou arte digital, você sabe a diferença? Atualmente com o avanço da tecnologia, novas formas de expressar a arte estão surgindo, entre elas, a arte digital vem ganhando bastante destaque.

Mas afinal, qual é a diferente entra a obra em tela e a arte feita com o auxílio de tecnologia digital?

Em resumo, este artigo vai mostrar as novas formas de arte do mercado e qual a melhor entre a obra em tela ou arte digital.

Vamos lá!

O que é arte digital?

Como citei anteriormente, a arte digital nada mais é que se expressar com o auxílio de um meio digital. Atualmente, existem diversos softwares e aplicativos que podem ser utilizados com essa finalidade.

Embora seja pouco notado, a arte digital está presente em nosso dia a dia muito mais do que você imagina.

Provavelmente hoje mesmo você já leu uma revista, viu um outdoor, entrou em suas redes sociais ou se divertiu com algum jogo. Todas essas formas de arte são consideradas arte digital.

Obra em tela ou arte digital: Qual a real diferença?

Em suma, quando se trata de arte digital ou obra em tela a diferença é apenas a forma utilizada para expressar a arte.

Sendo assim, a obra em tela é algo mais tradicional e antiga, mas, é uma das obras mais bonitas que ainda existe, um exemplo é a Mona Lisa de Leonardo da Vinci.

No entanto, a obra em tela é uma forma de arte limitada, ou seja, você fica preso a cores, ao tamanho e a forma da tela. Porém, a arte digital não possui limites, é possível expressar qualquer forma de arte sem fronteiras.

Qual tipo de arte eu devo escolher?

Como escolher entre obra em tela ou arte digital? A grande realidade é que são obras para públicos diferentes e com finalidades diferentes.

Sendo assim, a arte digital por não possuir limitações ela é mais acessível. Ou seja, é possível ter uma obra de arte da sua escolha e do tamanho que deseja pagando muito menos que uma obra em tela.

Em outras palavras, enquanto em uma obra em tela o artista precisa cobrar muito caro por uma obra “simples”.

No caso do artista que atua com a arte digital, ele consegue fazer exatamente o que o cliente quer, com alta qualidade e sem cobrar preços absurdos, sendo acessível para todos os públicos.

Em conclusão, a arte deve ser apreciada independente do seu estilo. Entretanto, ambas possuem propostas diferentes e preços distintos para o público final.

No entanto, independente se você é fã das obras feitas em tela, artes digitais ou qualquer outra forma artística, o importante é que a obra de arte enriquece nossa casa e nossa vida.

Publicado em Deixe um comentário

Técnicas de arte digital

Sabemos que pintores quando vão produzir suas obras em telas utilizam de diversas técnicas para chegarem à arte final. Bem como os artistas que produzem arte digital possuem as suas. Por se tratar de uma forma de expressão nova não é todo mundo que conhece quais são elas. 

Ser um artista digital é uma profissão que tem atraído muitas pessoas, principalmente aqueles apaixonados por arte. Mas será que é de conhecimento de todos esses interessados as técnicas a serem utilizadas para produzir suas obras? Atingir a perfeição quando se é artista não é fácil. 

Produzir artes digitais de qualidade requer a utilização de técnicas, vamos te ajudar a entender melhor quais são elas. Com o intuito de apresentar elas a você, separamos as três principais, confira a seguir: 

Técnicas de Arte Digital: Cubismo 

A técnica do Cubismo surgiu ainda no século XX e era utilizada por pintores e artistas em suas telas. Posto que essa técnica tem como traço marcante linhas retas bem destacadas, bem como formas geométricas. Bem como a ideia principal dessa técnica de arte é utilizar de três formas de dimensão. 

Com a chegada da modernidade a técnica de arte digital utilizando o cubismo uniu o passado ao futuro. As obras digitais que contam com esse estilo são marcadas por linhas retas que predominam na obra. A técnica busca reproduzir partes de objetos, formas e não tem muita preocupação em retratar formas reais. 

As artes digitais criadas com a técnica do cubismo se destacam pela forma das figuras. Todo o contexto das artes traduz a forma de expressão do artista que pode desconfigurar, fragmentar e utilizar de muita criatividade em sua obra. 

Técnicas de arte digital

Técnica da Policromia:  

Outra técnica utilizada pelos artistas quando vão produzir suas obras digitais é a policromia, a utilização de várias cores na mesma arte. Principalmente quando artistas retratam arte digital sacra essa técnica é muito utilizada. A junção das cores possibilita a produção de obras maravilhosas. 

A principal característica dessa técnica é a utilização das três cores primarias sendo elas amarelo, cian e magenta. Sem dúvida essa forma de produzir arte digital cria uma obra harmônica e visualmente belíssima. Ao passo que a reunião das cores chama aos olhos de quem vê. 

Técnicas de Arte Digital: Monocromia 

Enquanto Policromia significa a utilização de diversas cores em conjunto a monocromia vem a ser o contrário. Ou seja, essa técnica emprega uma única cor na obra produzida, a mesma cor apresentada em seus tons diferentes enriquece os olhos de quem visualiza a obra. 

As técnicas de monocromia em arte digital utilizam de uma mesma cor, em seus diversos tons e intensidades. Só para exemplificar uma obra com a utilização apenas da cor azul, variando seus tons em escuro, claro, bebê, royal e tantas outras possibilidades existentes de azul. 

Por fim essas são umas das técnicas de arte digital, produzir obras em tela bem como virtualmente requerem um olhar cuidadoso do artista. Se expressar através da arte requer dedicação e principalmente paixão. 

Publicado em Deixe um comentário

Como é o Processo de Criação de uma Arte Digital

Criação de uma Arte Digital

Meta-Descrição: Descubra mais sobre a criação de uma arte digital, como é o processo, os meios utilizados pelo artista, e os sistemas que possibilitam que essas obras sejam criadas. 

A arte digital tem ganhado força, e conquistado cada dia mais o público, a inovação e a facilidade em ter acesso as obras é o principal atrativo. Abrir um site e através dele adquirir obras de arte sem ter que precisar sair do conforto de casa tem angariado muitos admiradores. 

Mesmo sendo algo novo já e bem conhecido, as obras são de extrema qualidade, e o artista consegue transmitir sua mensagem nelas. Ademais não há como negar que encontrar no mundo virtual essas obras é algo fantástico. O profissionalismo e a paixão são as maiores características percebidas nessas artes digitais. 

Embora nos deparamos já com o resultado final, inegavelmente existe todo um processo por trás. Você já parou pensar em como são feitas as artes digitais? como é possível recebermos esse conteúdo já pronto? Hoje você vai obter todas essas respostas, vamos começar? 

Open Source no Processo de Criação de Artes Digitais: 

O autor de uma arte digital transmite em suas obras seus sentimentos e se expressão através dali. Entretanto antes dessa arte estar pronta existe todo um processo que possibilita que ela seja criada. Assim como pintores levam dias para finalizarem suas obras um artista que trabalha com elas no meio digital também. 

Criação de uma Arte Digital

Resolvemos mostrar como é o processo de criação de artes digitais, para que você compreenda melhor. Um número considerável de artistas utiliza do sistema Open Source ou Software Livre para criar suas obras. Isso significa que eles utilizam um código-fonte no software que permite que a arte digital não sofra nenhuma restrição. 

Certamente que a utilização desse sistema tem muita relação com a produção das obras, já que traz um quesito realmente de liberdade. Esse tipo de sistema pode ser adaptado e utilizado para fins diferentes. Assim não existe qualquer exclusão ou restrição dos artistas que iram produzir sua arte. 

O Sistema Operacional: 

Além da utilização do Software Livre os artistas contam ainda com sistemas operacionais que possibilitam que eles criem suas obras de arte digitais. Entre alguns existentes um que se destaca bastante é o Ubuntu. Palavrinha diferente né? Mas não precisa se assustar porque vamos te mostrar que não é nada complexo. 

Esse sistema operacional conta com um software com código aberto, as vantagens de se utilizar ele é inegável. Além de ser completo e gratuito pode ser usado também em qualquer computador. Ademais o sistema foi construído a partir do núcleo linux, a palavra Ubuntu tem origem africana assim como o sistema. 

Conforme as necessidades do usuário o Ubuntu se adequa, podendo ainda ser personalizado. Vale ressaltar ainda que se trata de um sistema operacional bem resistente a vírus. Além disso é de fácil instalação, atendendo bem a quem adere, facilitando muito a vida do artista. 

A Arte Digital: 

Finalmente deu para ter noção de como a arte digital é feita não é mesmo? O artista utiliza dos meios virtuais, assim como do Software Livre e o sistema operacional para realizar sua obra. Além disso é notável que a arte pronta leva características pessoais do autor, ele se expressa através dela. 

Criação de uma Arte Digital

É um trabalho que requer dedicação, e principalmente paixão, afim de conseguir realmente demonstrar o que se pretende. Por fim há que se falar de como o processo para criação de uma arte digital é interessante. Em conclusão sem dúvidas é uma área inovadora e surpreendente. 

Publicado em Deixe um comentário

Melhores exposições de arte digital no mundo

Descubra agora as maiores e melhores exposições de arte digital no mundo, quais países investem nesses eventos, e como eles conectam as pessoas.

Antes de mais nada é importante ressaltar como a arte digital tem crescido em todo o mundo. Essa forma de demonstração artística pode ser contemplada em exposições em diversos Países. Com um conjunto de cores, tendências e formas elas têm ganhado muito destaque. 

A fim de conhecer mais sobre a arte digital, os amantes de manifestações artísticas estão sempre em busca de exposições. Nesse sentido chegam até a viajar pelo mundo atrás das belezas e inovações das artes digitais. 

Você já foi a alguma ou sabe quais são as melhores? Descubra agora as maiores exposições de arte digital pelo mundo. Entenda quais os Países que mais investem nesse tipo de evento, e qual público alvo. 

Exposições de Arte Digital pelo Mundo: Japão 

A arte tem o poder de mexer nos sentidos humanos, como também de criar senso crítico e de maneira idêntica emocionar quem as observa. A arte digital causa o mesmo efeito, além de conseguir se conectar com um maior número de pessoas.   

Exposições de Arte Digital pelo Mundo: Japão

Visto que através das redes sociais alcança visibilidade de maneira ainda mais rápida. Um dos primeiros Países que decidiu investir em um evento para expor arte digital foi o Japão. Sem dúvida, isso não surpreende levando em consideração que o País é referência quando o assunto é tecnologia e inovação. 

Muito além de exposição na cidade de Tóquio fica um museu dedicado a mostrar arte digital. Com o nome de Team Lab, o local é completamente dedicado a expor arte digital em seus ambientes. O museu conta com obras tecnológicas, que variam e não tem limitação de espaço. 

Por fim, o lugar recebe cerca de 1,25 milhões de visitantes por ano, e não dá para falar de exposições de arte digital pelo mundo sem mencionar Team Lab. Entre seus diversos atrativos uma das obras que mais chama atenção é um espaço aonde os visitantes tem a perspectiva de estar se movendo pela água. 

França: 

Paris, a cidade que é a capital da França bem como local aonde se encontra um ícone mundial que é a torre Eiffel abriga também uma das maiores exposições de arte digital do mundo. No atelier de lumierés se encontra em exposição obras de arte digital. 

O espaço conta com exposições que retratam técnicas de arte digital, só para ilustrar uma delas é a imersiva. Atraindo centenas de visitantes que buscam por vivenciar as experiencias que as obras digitais possibilitam. Principalmente aquelas sensoriais. 

Brasil: 

Em nosso País a arte digital tem crescido e ganhado cada dia mais força, já que atrai o interesse de jovens e adultos pelo mundo artístico. Na cidade de São Paulo, é possível visitar a primeira galeria de arte digital da américa latina. Local aonde estão expostas obras digitais de artistas nacionais como também de estrangeiros. 

Localizada no centro cultural fiesp, a galeria recebe mostras de arte digital. Atraindo o público pelas características das obras, bem como pelas intervenções digitais que elas fazem. Integrando o centro da cidade a galeria expõe obras que interagem com o público através de sons e até mesmo jogos digitais. 

Por fim, deu para perceber como a arte digital tem crescido pelo mundo, bem como esses Países que realizam as exposições estão em destaque. Conectando as pessoas através da arte digital. 

Publicado em Deixe um comentário

Artes digitais surgem como meio de cultura

artes digitais surgem como meio acessível

 Com toda certeza hoje podemos afirmar que as artes digitais surgem como meio acessível a cultura. As formas de apreciar artes se adaptaram com as mudanças da tecnologia.

Tanto no consumo quanto na produção de arte, as coisas ficaram melhores para artista independentes. Da mesma forma pessoas que nunca tiveram oportunidade de consumir esse tipo de cultura, estão com ela nas mãos.

Artes digitais surgem como meio acessível de acesso à cultura

Igualmente as artes digitais surgem como meio acessível a democratização de uma cultura, que já foi bem elitizada.

Artes digitais surgem como meio acessível de democratização

Assim como dito anteriormente o consumo e produção de artes era algo inexistente para as camadas mais baixas. O processo da Terceira Revolução industrial trouxe a tecnologia como o grande tema do século.

Igualmente todos os setores foram “afetados” com a era da tecnologia, inclusive as artes. Os programas open source surgiram assim, com ânsia de deixar tudo disponível e claro com auxílio da tecnologia.

Logo a restrição das tais camadas foi desaparecendo e os processos artísticos foram alterando até todos terem oportunidades justas.

Artes digitais surgem como meio acessível de acesso à cultura

Artes digitais surgem como meio acessível de acesso à cultura: Open source

Essencialmente a criação de sistemas open source foi a grande virada para a temática de que as artes digitais surgem como meio acessível a cultura. Trocando em miúdos o Open source são softwares e hardwares que são disponibilizados em código aberto e gratuitos.

Ou seja com os códigos abertos os usuários podem ir aprimorando os softwares da forma que for melhor para a comunidade. 

A partir dessa possibilidade de mudanças foram criadas blogs com os usuários que tem a habilidade com programação. E ali definem o que pode ser mudado ou não.

As artes se beneficiaram muito bem com esses programas.

Surgimento da arte digital

 O surgimento da arte digital veio em conjunto com programas clássicos da década passada. Steve jobs, idealizador da Apple com Steve Wozniak, tinha a arte como uma das peças principais de seus produtos. Porém, artes digitais surgem como meio acessível de cultura para essas empresas?

Com toda certeza, não. A arte fazia parte do processo de design, mas o objetivo de toda empresa é obviamente lucrar.

Mas ainda sim, Jobs era conhecido por um primor com os programas que lidavam com arte. Assim utilizou um dos o primeiros programas de artes digitais o Paint Brush, equivalente ao Paint da Microsoft.

Arte digital atualmente

Com uma centena de programas disponíveis em open source todos podem entrar no mundo das artes digitais. Desde da confecção da arte até o consumo, em todas essas etapas o processo é democratizado. 

Arte digital

Além disso o contato com os artistas  e a divulgação é completamente diferente. As redes sociais chegaram com tudo para divulgação das artes e recepção das obras.

Portanto o mercado digital foi a mão na roda para que a arte não fosse vista tanto como algo que fosse reservado apenas para os visitantes de museus. Enfim ela estaria disponível em nossas mãos, sem muito esforço e democrática

Publicado em Deixe um comentário

O que é arte digital?

o que é arte digital

Você provavelmente já deve ter ouvido falar em conceito chamado arte digital. Mas se não ouviu, certamente já viu. Isso porque a o que é arte digital está presente está ao nosso redor, em elementos grandes ou sutis.

Trata-se de um conceito moderno, arrojado, que não está ligado à regras, mas que pode ser compreendido de diversas formas. E é claro, ele interfere diretamente em algumas áreas do mercado.

Ficou curioso para saber um pouco mais sobre o que é arte digital? Então continue sua leitura a partir de agora.

O que é arte digital – conceito resumido em poucas palavras

 A arte digital pode ser compreendida em poucas palavras. Em suma, consiste em todo o trabalho desenvolvido através de ferramentas eletrônicas, sejam elas PCs, impressoras, tablets, smartphones.

Contudo, a arte em si não pode ser resumida. Isso porque hoje em dia encontramos diversas vertentes desse trabalho.

Trata-se de vídeos, fotos, montagens, Gifs, banners online, animes. Enfim, a lista é muito grande.

A sua origem data-se do período pós Guerra Mundial e início da Revolução Industrial. Pois a partir daquele momento, a arte toma novas formas, não seguindo um padrão, mas podendo se expressar de diferentes formas.

A arte digital movimenta o mundo

Para que você entenda de fato o que é arte digital, é preciso compreender que ela movimenta o mundo.

Isso porque, como já é sabido por todos, estamos em uma era completamente focada nas tecnologias. Então, é possível compreender que por meio delas, a humanidade tem evoluído.

Meios de comunicação, relacionamento, informação, tudo está diretamente conectado.

E assim, a arte digital fomenta esse mundo. Entenda como:

Criação de publicidade

A publicidade atualmente está voltada para o E-commerce, e através do Marketing Digital é que as empresas estão conseguindo solidificar sua marca.

Assim, a arte digital é utilizada para conquistar o consumidor. Para tanto, ela utiliza recursos como banners, vídeos, fotos e tudo que encante os clientes e os incentivem a comprar.

Animação e diversão

Pode-se compreender melhor o que é arte online quando observa-se o desenvolvimento de desenhos e games mais realistas.

Assim sendo, ela também volta-se para esse tipo de mercado, que gera bilhões por ano.

Fotografia

A fotografia é um estilo de arte que já está presente no mundo há bastante tempo. Mas com a arte digital, ela foi se aperfeiçoando.

Assim, se torna possível encontrar diversos programas que tem como objetivo melhorar a qualidade das imagens, fazer montagens e até animações a partir dela.

Este é um universo cheio de possibilidades.

Arte digital para o mundo real

O que é arte digital

As impressoras 3D já são uma realidade no mundo. Inclusive, através delas alguns cientistas já conseguiram criar órgãos humanos.

Ou seja, a arte online não está apenas presente no mundo abstrato, mas também tem a capacidade de fomentar outras vertentes do mercado.

O que é arte digital? Um conceito cheio de possibilidades

Como você pode perceber, a arte online está transformando o nosso mundo, e assim, mesmo sem querer você já pode estar desenvolvendo-a.

Por isso, é tão importante valorizá-la, pois ela faz parte da nossa realidade e de forma direta ou indireta é capaz de trazer benefícios a todos.

Publicado em Deixe um comentário

Como a arte digital chegou ao Brasil?

arte digital chegou ao Brasil

Saber como a arte digital chegou ao Brasil desperta a curiosidade de muitas pessoas que adoram esse universo. Mas nem sempre é possível ter acesso à informação correta sobre o assunto.

Contudo, o que podemos adiantar é que a mesma está presente aqui bem antes do século XXI. Embora ela tenha ganhado destaque nessa nova era.

Então, se você deseja saber mais sobre como a arte digital chegou ao Brasil, acompanhe este conteúdo a partir de agora.

arte digital chegou ao Brasil

Como a arte digital chegou ao Brasil?

A arte digital ainda é um conceito novo no país, se comparado a outros estilos que fizeram sucesso aqui, como por exemplo, o estilo Barroco, que está presente em obras de arte e em grandes e pequenas igrejas de todo o Brasil.

Mas basicamente pode-se afirmar que a mesma ganha destaque a partir da década de 80.

Isso aconteceu porque desenvolveu-se movimento chamado de Melantucanarismo, criado por Toninho de Souza.

Antes de mais nada, é preciso então que você entenda esse conceito.

O que é Melantucanarismo?

Melantucanarismo é um conceito de arte que tem como objetivo principal buscar a sua essência em si. Assim, ele não está preso a padrões, com regras que trazem múltiplas opções nesse campo com o objetivo de reciclar criações sem que, para tanto, se perca a sua autenticidade.

A palavra consiste em uma fusão da obra “ Melancias, tucanos e araras” Toninho de Souza. Tal obra foi então apresentada na 1ª Bienal de Arte Contemporânea do Distrito Federal de Toninho Souza, e aconteceu no ano de 1993.

Além disso, é importante destacar que o Melantucanarismo é sucessor de outro movimento também desenvolvido por Toninho de Souza: a Melanciacultura.

Nesse sentido, pode-se explicar Melanciacultura como um movimento tendo a fruta melancia representada em todas as suas obras.

Mas o movimento da Melanciacultura só teve seu fim ano de 1992, onde o artista então  expôs a obra “ Encarando sua época” na Embaixada da Colômbia. A obra foi muito admirada, pois abstraia em uma só pincelada, melancias, tucanos e araras.

Toninho de Souza e sua apresentação de obras digitais no Brasil

Pode-se perceber que Toninho de Souza foi o responsável pelo modo como a arte digital chegou ao Brasil.

Através de sua “Amostra Internacional de gravuras Toninho Souza” realizada no ano de 1996, ele começou a expor as suas obras na internet.

Nesse contexto, o artista apresentou esculturas e desenhos oriundos da arte digital. Entretanto, é preciso ressaltar que tudo isso ele fez a partir do Melatucanarismo.

Contudo, é na 2ª Bienal de Arte de Brasília, que aconteceu no ano de 2009 é que a arte digital chegou ao Brasil com todas as suas forças. Isso porque foi ali que Toninho de Souza pode apresentar 34 obras digitais impressas na técnica de fotografia.

A arte digital hoje no Brasil

arte digital chegou ao Brasil

Atualmente, a arte digital ganhou além das obras diversas nuances, fomentadas pelas animações, designers, banners, vídeos. Ou seja, não existem padrões para delimitá-la.

Dessa forma, ela abre espaço para que diferentes profissionais possam atuar e mostrarem seus talentos em nosso país.

Trata-se, portanto, de uma arte democrática que oportuniza a expressão e criatividade de muitos brasileiros.

Publicado em Deixe um comentário

Percursores da arte digital no mundo

percursores da arte digital

Os percursores da arte digital no mundo são aqueles que utilizam os meios eletrônicos para se expressarem. Dessa forma, eles contribuem para o desenvolvimento de um trabalho qualificado e amplo, que atinge a sociedade de diversas maneiras.

Assim sendo, é possível notar que eles tem grande importância para a construção e desenvolvimento do conceito em questão. Portanto, conhecer quem são estas pessoas é algo muito importante para entender como se dá essa evolução.

Hoje, você irá descobrir quais são os principais percursores da arte digital no mundo, assim como, o modo como eles contribuem ou contribuíram para esse trabalho. Continue sua leitura.

Os primeiros percussores da arte digital

Como já falamos aqui, a arte digital consiste em um modelo de arte que desenvolve-se através dos meios eletrônicos. Fomentada principalmente depois do período pós guerra, ela embasa-se em um estilo sem regras tradicionais ou uma conduta mais assertiva.

Nesse contexto, surgiram então diversos artistas durante esse período da história.

A começar, iremos falar então dos engenheiro da Bell Labs, que são então considerados percursores da arte digital no mundo. Billy Kluver e Fred Waldahauer é o nomes dos engenheiros, que ao lado dos artistas Robert Rauschenberg e Robert Whitman formaram um grupo chamado EAT (Experimentos em Arte e Tecnologia).

Assim, eles passaram então a fazer experiências que envolviam estes dois conceitos. Desse modo, surgiram novos sistemas eletrônicos, circuitos elétricos e até mesmo, projeção de som sem fio.

Contudo, um dos primeiro resultados vistos dentro da arte digital é datado do ano de 1960. Assim, este também foi resultado da Bell Labs, onde o Young Nude conseguiu transformar a foto de uma mulher nua em uma imagem composta em pixels.

Tal obra fez muito sucesso na época, e assim, cada vez mais pessoas foram se interessando por este estilo.

No ano de 1970 então, muitos artistas já se interessavam por esse mundo, uma vez que aí começava a era da televisão.

O percursor da vídeo-arte

percursores da arte digital

O vídeo arte também faz parte da arte digital. Dessa forma, podemos encontrar como um dos percursores da arte digital nesse campo o Nam June Paike.

Ele foi o inventor do “super estrada eletrônica”, e seu texto tinha como foco chamar à atenção para o desenvolvimento desse tipo de arte pós Revolução Industrial.

Outros percursores da arte digital no mundo

Existem muitos percursores da arte digital no mundo, além disso, pode-se afirmar que este não é um estilo pronto.

Assim sendo, no século XXI podemos encontrar diversos artistas que estão construindo suas carreiras com base nesse estilo. Veja quem são eles:

Fernando Velásquez

O artista uruguaio produz diversos tipos de arte digital relacionadas diretamente ao mundo contemporâneo. Desse modo, podemos encontrar em seu trabalho fotografias, pinturas e vídeos sobre o tema.

Muti Randolph

Também considerado um dos percussores de arte digital no Brasil, Randolph desenvolve seu trabalho com foco na arte virtual.

Leandro Mendes

Trata-se de um artista brasileiro que é considerado um dos maiores artistas produtor de videomapping.

Como você pode ver, a arte digital está em constante evolução, portanto, a cada momento surgem novos nomes. E isso é algo muito bom, pois abre espaço para novos modos de pensar e de se expressar, bem como, o permite o desenvolvimento da consciência humana.

Publicado em Deixe um comentário

Arte Digital: Saiba como tudo começou.

arte digital

O conceito de arte está intrinsecamente ligado à humanidade de diferentes formas, sendo a arte digital uma delas. Entretanto, este é um modelo novo mas que vem ganhando vários adeptos e apreciadores.

Além disso, esse tipo de arte tem servido de fomento para a cultura e integração, uma vez que possibilita que mais pessoas tenham acesso à ela de forma rápida e simples.

E se você ficou interessado em saber como começou a arte digital, fique atento a esse post que te trará diversas informações.

Arte digital – o que é?

A arte digital nada mais é do que qualquer tipo de manifestação artística que é executada através da tecnologia. Ou seja, ela pode ser feita através de um simples celular, em um programa sofisticado no ambiente Desktop, de maneira simples utilizando o recurso touch de um tablet.

arte digital

Esse tipo de arte pode ser colocado não só no meio digital como também, pode migrar para o espaço físico.

Assim, entre os principais exemplos de obras nesse estilo você poderá encontrar:

  • Ilustrações Digitais;
  • Video Mapping;
  • Gifs;
  • Web art;
  • Desenhos em arte vetorial;
  • Pixel art;
  • Desenho ilustração;
  • Animação digital;
  • Animação 3D.

Mas estes são apenas alguns exemplos, pois é possível encontrar diferentes modelos de artes digitais.

Como surgiu a arte digital?

A arte digital é oriunda das tecnologias. E trata-se, portanto, de uma expressão artística contemporânea.

Contudo, ela possui raízes um pouco mais profundas. Isso porque ela é fruto de manifestações datas do período pós guerra.

Isso porque, foi nesse período que houve o rompimento de vínculos com tradições e regras rígidas.

Naquele momento, todos os movimentos artísticos elucidavam a ideia de algo inovador, flexível e que contrasta-se exatamente com as barreiras impostas nesse campo.

Assim, com o surgimento dos computadores muitos artistas viram ali a oportunidade de expressarem seu talento de uma nova forma.

Primeiros artistas dessa nova era

Um dos primeiros artistas a desbravarem esse novo conceito foi o alemão Frieder Nake.

Através de um algoritmo de seu computador, Nake então interpretou de maneira matemática a obra de arte “ Highroads and Byorads” feita por Paul Klee.

Tal interpretação portanto resultou em uma linda mesa de desenho, que foi bastante admirada.

Já no ano de 1967, com um cartão de computador que possuía uma perfuração, dois engenheiros da empresa Bell Labs conseguiram traduzir uma foto para a linguagem ACSII. Assim, este foi o desenvolvimento de uma obra que ganhou o nome de Nude, tendo muito destaque em sua época.

Nos anos de 80 a arte digital conseguiu se destacar através do desenvolvimento do computador Amiga. Isso aconteceu porque tal computador, que foi produzido em grande escala, conseguiu realizar cerca de 28 experimentos em arte. Incrível, não?

Carreiras que fazem parte desse tipo de arte

Geralmente os artistas digitais do século XXI, são em sua maioria jovens com uma mente muito promissora. Além disso, eles possuem um aspecto inovador e arrojado.

Assim, tais pessoas podem encontrar um futuro na arte digital através de profissões como:

  • Game Designer;
  • Fotografia;
  • Designer Gráfico.

Enfim, as possibilidades são muitas para quem desejam adentrar nesse mundo tão encantado e inovador.

Publicado em Deixe um comentário

Arte e Software livre (open source)

A arte digital é uma conquista da tecnologia e atualmente dá para ter acesso a imagens que embelezam qualquer ambiente. É possível pegar a santa ceia e deixar com um aspecto moderno, utilizando de recursos tecnológicos.

Um exemplo disso é Marcio Monte, porque cria arte digital e ainda por cima em um sistema open source. Bem como, se trata de ser código aberto e permite que a adaptação se dê para vários fins diferentes, melhorando o resultado final.

O texto tem a proposta de mostrar como a arte digital é realizada e sempre ‘linkando’ com o sistema open source. Em seguida, a tendência é que dê para confirmar o potencial da tecnologia e saiba: não é pequeno.

Arte digital: O que é sistema Open source?

Em primeiro lugar, a arte em Software livre, em suma, é realizada por meio de uma plataforma de código aberto. Conforme citado acima, é possível adaptar para muitos fins e o termo foi criado em OSI (Open Source Initiative).

Vale destacar um fato: não é necessário possuir um custo de licença e por isso que o investimento é baixo. Além disso, ainda possibilita um compartilhamento maior de informações e cada desenvolvedor pode melhorar o software existente.

Embora seja comum ter dúvidas sobre o open source, a realidade é que muitas pessoas defendem esse sistema. Os desenvolvedores e até os defensores desse modelo, em síntese, acredita que é uma alternativa eficiente para o início.

Certamente que não é um movimento anticapitalista e tampouco político, porque o foco é apenas que exista colaboração entre os desenvolvedores. Dessa forma, a arte com open source é criada e desenvolvida com o open source.

Arte em Software livre: Funcionamento

Um dos quadros mais famosos da história, segundo muitos críticos, é a Santa Ceia e foi pintado por Leonardo Da Vinci. Imagine que você deseja muito ter uma réplica na sua casa e isso não é complicado de encontrar, não é mesmo?

Então, agora achar uma arte em Software Digital não é tarefa das mais simples e o resultado oferece um dualismo. Logo, é frequente que lembre o quadro original, por outro lado, traz um resultado tecnológico e moderno.

A princípio, um software open source é de código aberto e permite que o desenvolvedor possa otimizá-lo melhor. Posteriormente, fica mais simples de conseguir um bom resultado e o principal: o preço não fica dos mais elevados.

Arte com open source: Confira alguns resultados

À primeira vista, o pensamento mais comum é desejar um quadro pintado tradicionalmente e não digital, certo? Ao mesmo tempo, será que o sentimento colocado na pintura diminui se for arte com open source?

É muito provável que não e tenho dois exemplos para te mostrar, afinal a ideia é mostrar que existem outras opções. Da mesma maneira, é chegada a hora de ver do que se trata e abaixo confira as duas alternativas:

  • Face– Um belo quadro, refletindo, de uma forma tecnológica, os vários aspectos de um rosto humano.
  • Abraço Divino– A clássica imagem de Jesus de braços abertos e abraçando a humanidade, também é um exemplo desse tipo de arte.

Fica claro que ter uma Impressão Fine Art, em resumo, passa o mesmo sentimento do que a obra. Igualmente, a arte digital é um exemplo disso e por ser em open source, oferece a chance de personalizar o software para ficar cada vez melhor.